O que avaliar antes de contratar um advogado?

Qual é o primeiro passo a ser dado quando você precisa ficar diante de um juiz para garantir ou defender os seus direitos? Neste caso, a primeira etapa deve ser contratar um advogado, pois este profissional possui a expertise adequada para alegar uma defesa única e exclusiva referente ao que o cliente necessita.

Veja, a seguir, quais os passos um cliente deve seguir antes assinar o contrato com o advogado:

Qualificações do advogado

Lembre-se que é necessário levar alguns pontos em consideração para que as consequências não sejam negativas como, por exemplo, verificar as qualificações do advogado.

Você sabia que a página da Ordem dos Advogados do Brasil, a OAB, possui um cadastro nacional que pode ser consultado a qualquer momento através do nome completo do advogado? Após a pesquisa, busque mais referência com antigos clientes e escritórios de advocacia.

Considere a área de atuação do profissional

Em seguida, procure saber qual é a prática principal do profissional tendo em vista o seu objetivo. Vamos supor que você precise de um advogado criminalista, mas você tem contato com um advogado que exerce função em outro segmento do direito: o civil. E agora?
Apesar da competência de ambos, o especialista no conjunto de normas que regem os direitos e obrigações no âmbito privado (direito civil) não vai ter o conhecimento necessário para atuar como criminalista, advogado trabalhista ou até mesmo empresarial.

Honorários

Em terceiro, e último, lugar, procure saber informações sobre os honorários do advogado. Geralmente, os advogados cobram pelos seus serviços de três maneiras: por meio de uma taxa fixa, uma taxa de contingência ou até um valor por hora. Verifique qual meio se encaixa em seu orçamento e, posteriormente, confirme se o advogado é adepto do tipo de honorário que você precisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *