Fale com um
Advogado
Coordenação Nacional inicia homologação da versão 1.12.1 do PJe-JT
Compartilhar:

A Coordenação Nacional do Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT) iniciou nesta segunda-feira (2) a homologação da versão 1.12.1 do PJe-JT. Ao longo das próximas duas semanas, seis usuários do PJe dos mais diferentes perfis farão testes e monitoramento para garantir o funcionamento correto do sistema.

Para o coordenador Nacional do PJe-JT, juiz Fabiano Coelho de Souza, TRT18 (GO) e juiz auxiliar da presidência do CSJT/TST o processo de homologação é importante para garantir que, caso se detecte alguma inconsistência, a correção seja feita antes que os Tribunais Regionais do Trabalho comecem a utilizar a ferramenta. ''Tudo será testado e, se for o caso, corrigido, antes da distribuição aos TRTs''.

A nova versão possui cerca de 110 correções e promete melhorar a performance do sistema, um dos pontos mais reivindicados pelos usuários. Outro ponto que recebeu correções e melhorias foi a ferramenta ''plantão no 1º grau de jurisdição'', que permite a concentração, no sistema, de uma Vara do Trabalho responsável pelo plantão judiciário, dispensando o cadastramento do magistrado em todas as unidades da Região para tal finalidade.

De acordo com o coordenador, a versão 1.13, que trará novas funcionalidades, também já está em andamento e poderá ter funções para facilitar a aplicação do Novo Código de Processo Civil (NCPC).

Apesar dos cortes orçamentários, o coordenador nacional do PJe-JT afirma que “estão sendo feitos todos os esforços possíveis para garantir aquilo que é o essencial para a manutenção do sistema ”.

Entre os contratos que foram mantidos está a estrutura de rede, além de ferramentas de segurança e monitoramento, de modo a permitir o funcionamento do PJe-JT, sem prejudicar os usuários do programa. A equipe responsável pela homologação é composta pela servidora do TRT5-BA Maria Madalena Oliveira de Brito Cunha.

Fonte: CSJT - 6/5/2016